Israel vai cobrar da Autoridade Palestina prejuízos causados por Gaza

Idiomas:

Português   English   Español
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O premiê israelense Netanyahu quer ressarcimento por cerca de 3.000 incêndios causados por jihadistas de Gaza.


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ordenou neste domingo (3) debitar dos fundos atribuídos à Autoridade Nacional Palestina (ANP) o custo dos danos em território israelense provocados por projéteis lançados da Faixa de Gaza durante os últimos protestos.

O valor da dedução não foi ainda divulgado.

Em suas contas nas redes sociais, o premiê de Israel afirmou:

Dei instruções ao diretor do Conselho de Segurança Nacional, Meir Ben Shabat, para que inicie um processo de dedução econômica da ANP para uma indenização que Israel dará às comunidades do perímetro de Gaza pelos danos provocados pelos últimos incêndios.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

De acordo com informações da VEJA:

Além de afetar financeiramente a ANP, a medida deverá aumentar o atrito entre o Fatah, partido que controla a Cisjordânia e a ANP, e o Hamas, grupo político-militar dominante na Faixa de Gaza.

Desde o início da chamada Grande Marcha do Retorno, no último dia 30 de marco, palestinos lançaram balões com líquidos inflamáveis, que ocasionaram incêndios em terras agrícolas israelenses próximas à divisa com a Faixa de Gaza. Israel pretende compensar os proprietários com as taxas alfandegárias e impostos recolhidos em nome da ANP.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...