- PUBLICIDADE -

Itália apreende navio de ONG transportando imigrantes ilegais

Itália apreende navio de ONG transportando imigrantes ilegais
- PUBLICIDADE -

O governo direitista da Itália segue sua batalha contra a imigração ilegal estimulada por ONGs internacionais.

As autoridades da Itália autorizaram nesta terça-feira (19) o desembarque dos 48 migrantes resgatados pelo navio “Mare Jonio”, da ONG Mediterranea Saving Humans.

O governo italiano, no entanto, exigiram a apreensão da embarcação da organização não-governamental.

O “Mare Jonio” entrou no porto de Lampedusa, na última segunda-feira (18), escoltado por barcos de patrulha da Guarda de Finanças e sob os gritos de “liberdade” por parte dos migrantes.

Entre os 48 deslocados internacionais estão 34 homens e 14 menores de idade do sexo masculino, provenientes de países como Camarões, Gâmbia, Guiné e Senegal, na África Subsaariana.

O sequestro da embarcação foi pedido pelo ministro do Interior Matteo Salvini, que acusa a entidade de “tráfico de seres humanos”.

“Agora a Itália tem um governo que defende as fronteiras e faz respeitar as leis, sobretudo aos traficantes de humanos. Quem erra paga”, disse Salvini, que também é vice-primeiro-ministro do país, segundo a agência ANSA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -