Português   English   Español

Itália barra resolução da UE reconhecendo presidente interino da Venezuela

Itália barra resolução da UE reconhecendo presidente interino da Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo italiano segue impedindo que a União Europeia reconheça oficialmente Guaidó como presidente interino.


A Itália seria o único de 28 países da União Europeia que teria vetado novamente nesta segunda-feira (4) a resolução conjunta para admitir o papel de Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela.

A oposição italiana ao documento não foi expressa durante uma reunião específica, mas durante o processo de consulta das autoridades da União Europeia, informa a ISTOÉ.

A declaração deveria ser publicada durante a tarde desta segunda-feira (4) pela Alto Representante da diplomacia europeia, Federica Mogherini, que já havia dito que a UE reconheceria Guaidó se novas eleições presidenciais não fossem organizadas por Nicolás Maduro.

No entanto, a Itália foi o único país a se opor e não apresentou contrapropostas.

Ao todo, 13 países europeus já reconheceram oficialmente Guaidó como presidente interino. A lista inclui Alemanha, Áustria, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França. Holanda, Lituânia, Luxemburgo, Portugal, Reino Unido, República Tcheca e Suécia.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...