Português   English   Español
Português   English   Español

Itália barra resolução da UE reconhecendo presidente interino da Venezuela

Itália barra resolução da UE reconhecendo presidente interino da Venezuela
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo italiano segue impedindo que a União Europeia reconheça oficialmente Guaidó como presidente interino.

A Itália seria o único de 28 países da União Europeia que teria vetado novamente nesta segunda-feira (4) a resolução conjunta para admitir o papel de Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela.

A oposição italiana ao documento não foi expressa durante uma reunião específica, mas durante o processo de consulta das autoridades da União Europeia, informa a ISTOÉ.

A declaração deveria ser publicada durante a tarde desta segunda-feira (4) pela Alto Representante da diplomacia europeia, Federica Mogherini, que já havia dito que a UE reconheceria Guaidó se novas eleições presidenciais não fossem organizadas por Nicolás Maduro.

No entanto, a Itália foi o único país a se opor e não apresentou contrapropostas.

Ao todo, 13 países europeus já reconheceram oficialmente Guaidó como presidente interino. A lista inclui Alemanha, Áustria, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França. Holanda, Lituânia, Luxemburgo, Portugal, Reino Unido, República Tcheca e Suécia.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...