Português   English   Español
Português   English   Español

Itália desativa maior centro para recepção de imigrantes ilegais

Itália desativa maior centro para recepção de imigrantes ilegais
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Governo da Itália iniciou nesta quinta-feira (7) a transferência dos primeiros imigrantes ilegais do centro de amparo de Mineo, na Sicília, para outras estruturas da ilha.

O movimento acontece depois que o ministro de Interior e vice-premiê, Matteo Salvini, decidiu pelo fechamento do local, o maior deste tipo na Europa.

No total, 25 homens já foram transferidos de ônibus a outro espaço da cidade siciliana de Trapani e espera-se que outros 25 sejam distribuídos hoje mesmo entre Siracusa e Ragusa, segundo a agência EFE.

No total quase 1,2 mil imigrantes ilegais estavam abrigados no centro de emparo que está sendo desativado. A maior parte deles procede de países como Gâmbia, Nigéria, Guiné, Mali e Costa do Marfim.

Este centro foi aberto em 2011 durante o governo de Silvio Berlusconi e foi a maior estrutura de amparo de imigrantes da Europa, chegando a abrigar até 4 mil ilegais.

O governo globalista anterior planejou o fechamento em 2015, quando o centro foi foco de uma investigação por suposta gestão ilegal e corrupção. Mas foi o direitista Salvini que finalizou a desativação.

O vice-premiê da Itália está aplicando uma política de contenção da imigração ilegal e já anunciou o fechamento de vários centros de amparo de migrantes no país.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!