Português   English   Español

Itália desmonta projeto modelo de acolhimento de imigrantes ilegais

O governo italiano desmontou um projeto modelo de acolhimento de imigrantes ilegais.

O Ministério do Interior da Itália, chefiado por Matteo Salvini, ordenou a transferência de todos os imigrantes ilegais que vivem nos centros de acolhimento da cidade de Riace, na Calábria, que se tornou modelo de integração de estrangeiros.

Em uma circular, a pasta também cobrou da Prefeitura a comprovação de todas as despesas com acolhimento e bloqueou alguns pagamentos devido a supostas “anomalias” na documentação enviada pela gestão municipal.

No início de outubro, o prefeito da cidade, Domenico “Mimmo” Lucano, foi colocado em regime de prisão domiciliar, por suspeita de ter facilitado casamentos forjados para garantir a permanência no país de migrantes em situação irregular.

O Ministério Público chegou a investigar Lucano por suspeita de irregularidades na gestão dos recursos para acolhimento, mas a Justiça não encontrou “hipóteses delituosas” referentes a esse aspecto do inquérito, apesar de ter citado a falta de “transparência” da Prefeitura.

 

Adaptado da fonte ISTOÉ

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...