Itália doa 12 embarcações à Líbia para combater migração ilegal

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Itália decidiu doar 12 embarcações de patrulha à Líbia para contribuir com a luta contra a migração ilegal no Mediterrâneo.

A decisão foi adotada por meio de um decreto, ao fim de uma reunião ministerial realizada na noite de segunda-feira (2).

A medida “tem como objetivo fortalecer a capacidade operacional da Guarda Costeira líbia, de modo a garantir a correta gestão da dinâmica da migração”, declarou o governo da Itália em nota oficial.

O decreto “dá prioridade à necessidade de lutar contra o tráfico de pessoas, salvaguardar a vida humana no mar e conter a pressão migratória”, acrescenta o comunicado.

O governo italiano se encarregará da manutenção das 12 embarcações, assim como do treinamento das forças líbias.

Segundo o Ministério de Transporte e Infraestrutura da Itália, ao qual a Guarda Costeira é subordinada, o custo total da operação será de 2,5 milhões de euros.

O ministro Danilo Toninelli afirmou:

Somos conscientes de que isso não é suficiente e de que é preciso trabalhar mais para conseguir estabilizar a situação, fortalecer o Estado de direito e garantir a dignidade das pessoas que se encontram no nascente Estado da Líbia.

 

Com informações de BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.