Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Itália facilita acesso ao aborto farmacológico

As novas diretrizes dizem respeito à administração da pílula RU-486.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COLUNA: A cruzada conservadora contra o aborto nos EUA
COMPARTILHE

O governo da Itália, anunciou, nesta segunda-feira (10), novas diretrizes que devem facilitar o acesso ao aborto farmacológico no país.

Em mensagem divulgada no Facebook, o ministro da Saúde, Roberto Speranza, afirmou que as alterações se baseiam em “evidência científica” e permitirão a interrupção voluntária da gravidez até a nona semana de gestação, sem necessidade de internação.

As novas diretrizes dizem respeito à administração da pílula RU-486, que leva ao aborto sem necessidade de cirurgia.

Até então, o Ministério da Saúde permitia o uso do medicamento apenas até a sétima semana de ausência de menstruação e recomendava uma internação de três dias, informa a agência ANSA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM