Português   English   Español
Português   English   Español

Itália impõe condições para aceitar migrantes transportados pelo Mediterrâneo

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O premiê italiano Augusto Conte avisou que a Itália aceitará desembarque de migrantes em seu território com uma única condição: os outros países da UE também devem aceitar assumir a parte deles.

A Itália decidiu condicionar o desembarque de migrantes resgatados no Mediterrâneo pelos navios da Operação naval europeia Sophia a que sua acolhida seja compartilhada entre outros Estados-membros – disseram várias autoridades europeias nesta sexta-feira (20).

“A Itália não quer ser o único país de desembarque dos migrantes resgatados no mar por suas próprias unidades navais”, declarou o ministro italiano das Relações Exteriores, Enzo Moavero Milanesi, em uma carta à chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Federica Mogherini.

O ministro pediu oficialmente a revisão do mandato da Operação Sophia, atualmente sob o comando italiano, e o primeiro-ministro Giuseppe Conte informou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, das condições impostas para os desembarques dos migrantes na Itália.

 

Com informações da GaúchaZH

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!