- PUBLICIDADE -

Itália pede ‘cautela’ após registro de aglomerações pelo país

Itália pede ‘cautela’ após registro de aglomerações pelo país
- PUBLICIDADE -

Desde a última segunda-feira (18), Itália permitiu uma maior liberdade de movimentos, após dois meses de confinamento.

A primeira noite de fim de semana na Itália após o início da segunda fase de relaxamento de medidas contra o coronavírus foi de festa e de muitas aglomerações em diversas cidades.

A situação deixou o governo do primeiro-ministro Giuseppe Conte em estado de alerta. 

O vice-ministro do Interior, Matteo Mauri, alertou, neste domingo (24), que a Itália ainda está em uma fase “muito perigosa”.

Em entrevista¹ à emissora local, Mauri declarou:

“É verdade que agora se pode sair, mas é preciso manter a distância e usar máscara. Alguns, em particular os jovens, não parecem muito sensíveis a essas recomendações. Por isso, pedimos cautela.”

Mauri enfatizou² que embora a pandemia tenha apresentado retração nas duas últimas semanas, existe risco de que novas ondas de infecção aconteçam, caso os protocolos de segurança não sejam respeitados.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -