Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Itália proíbe viagens durante as festas de fim de ano

O governo da Itália proibiu viagens no Natal e no Ano Novo para tentar conter a proliferação da pandemia de coronavírus. A determinação está presente num decreto publicado nesta quinta-feira (3). Os moradores de outros estados poderão retornar para suas residências fixas. No entanto, visitas entre regiões não será permitida. As restrições não valem para deslocamentos de profissionais essenciais, tratamento de doenças e viagens a trabalho. As restrições passam a valer em todo o país entre os dias 21 de dezembro e 6 de janeiro. Dessa forma, a Itália se torna a primeira nação da Europa a anunciar uma proibição de deslocamento durante o recesso de fim de ano.
COMPARTILHE

Restrições passam a valer na Itália entre os dias 21 de dezembro e 6 de janeiro.

O governo da Itália proibiu viagens no Natal e no Ano Novo para tentar conter a proliferação da pandemia de coronavírus

A determinação está presente num decreto publicado nesta quinta-feira (3).  

Os moradores de outros estados poderão retornar para suas residências fixas. No entanto, visitas entre regiões não será permitida.  

As restrições não valem para deslocamentos de profissionais essenciais, tratamento de doenças e viagens a trabalho. 

As restrições passam a valer em todo o país entre os dias 21 de dezembro e 6 de janeiro. 

Dessa forma, a Itália se torna a primeira nação da Europa a anunciar uma proibição de deslocamento durante o recesso de fim de ano. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Opressor
Opressor
1 mês atrás

Dale a tirania, a usurpação da liberdade, do direito de ir e vir, mundo insano governado por pessoa insanas que não dão a mínima para os cidadãos, querem apenas o poder a qualquer custo. E vejo imbecis fazendo coro para essa verdadeira ditadura, e olha que os que fazem coro são os mesmos que se diziam defensores da liberdade.

PUBLICIDADE