- PUBLICIDADE -

Iván Duque promete a vítimas de guerrilhas que não haverá impunidade

- PUBLICIDADE -

Em seu primeiro discurso, o novo presidente da Colômbia, Iván Duque, afirmou que as vítimas do conflito armado do país serão compensadas.

Duque afirmou:

As vítimas devem contar que terão reparação moral, material e econômica por parte dos autores e que nunca, nunca, serão agredidas pela impunidade.

O chefe de Estado, que sucede Juan Manuel Santos, acrescentou que serão corrigidas “falhas estruturais” que ficaram “evidentes” na implantação do acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para garantir às vítimas “verdade, justiça, reparação e não repetição”.

Ele também se dirigiu aos guerrilheiros das Farc que deixaram as armas em virtude do acordo de paz assinado em 2016.

O presidente da Colômbia declarou:

Acredito na desmobilização, no desarmamento e na reinserção da base guerrilheira. Muitos deles foram recrutados necessariamente ou separados do seu entorno pela intimidação das armas.

Iván Duque convocou todos os colombianos a construírem a paz e disse que é necessário “ter clara a importância de ter uma cultura de legalidade” para que não a violência “não ameace as liberdades individuais”.

 

Adaptado da fonte EFE
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -