- PUBLICIDADE -

Jair Bolsonaro afirma que militares ocuparão vários ministérios

- PUBLICIDADE -

Um dia depois de anunciar o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB) como vice em sua chapa, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou que, caso eleito, o ministério será composto por “um montão” de militares.

Jair Bolsonaro citou os ministérios dos Transportes e da Ciência e Tecnologia como exemplos de áreas a serem comandadas por militares:

Vai ter um montão de ministro militar, para que não haja dúvida. Não sei (quantos). De acordo com a competência e habilidade deles. Tem ministério que não cabe militar, porque não temos vivência nisso. Transportes, quem não quer ver, por exemplo, a melhoria dos transportes, a malha viária sem corrupção. Acho difícil corromper um general. Não é incorruptível, mas muito mais difícil que esses últimos ministros que passaram por aí. O que o povo quer é que o Brasil funcione. Não interessa se vai ter militar, homem, gay, mas que funcione — disse o presidenciável, que citou o astronauta Marcos Pontes, também militar, como possível ocupante da Ciência e Tecnologia.

Ao ser perguntado sobre o papel de Hamilton Mourão, Bolsonaro chegou a anunciá-lo como ministro da Casa Civil.

Em seguida, no entanto, ele foi questionado mais duas vezes sobre o assunto e disse que a pasta, responsável por articulações políticas, deverá ser chefiada por um parlamentar.

Casa civil talvez… Não, não deve ser ministro da Casa Civil, vai ser um deputado, com toda certeza. O parlamento sempre tratou muito bem os integrantes das Forças Armadas em todos os assuntos, mas Casa Civil, no meu entender, (será) um deputado ou senador.

 

Adaptado da fonte O Globo
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -