Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Jair Bolsonaro apoia ideia de atiradores de elite no Rio de Janeiro

Jair Bolsonaro apoia ideia de atiradores de elite no Rio de Janeiro
COMPARTILHE

Em entrevista dias atrás, o governador eleito Wilson Witzel (PSC) informou que pediu um levantamento sobre os atiradores de elite em condições de atuar no Rio de Janeiro.

A posição de Wilson Witzel é bem clara. Bandido flagrado com fuzil na mão deve ser neutralizado imediatamente.

Questionado sobre a proposta de abater criminosos flagrados com fuzis, o presidente eleito Jair Bolsonaro se manifestou favoravelmente e lembrou a atuação do Exército na missão de paz da ONU no Haiti.

Bolsonaro declarou:

Vamos para um caso concreto. Qual era a forma de engajamento concreto do Exército no Haiti? Se pegasse alguém portando arma de guerra, era abatido.

Para o presidente eleito, é preciso dar a “retaguarda jurídica” necessária para que o policial não seja punido ao entrar num confronto.

Ele acrescentou:

A violência tem crescido, usado armamento mais sofisticado. Precisamos dar a retaguarda jurídica. Uma vez havendo confronto, não se pode punir o policial, pois isso estimula a bandidagem a agir de forma ainda mais violenta.

 

Adaptado da fonte O Antagonista

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE