- PUBLICIDADE -

Jair Bolsonaro decidirá novo partido ainda em abril

Em pronunciamento na televisão, nesta terça-feira (23), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que 2021 será o “ano da vacinação" no Brasil. Bolsonaro relembrou o processo de compra de vacinas do Brasil e disse que "em poucos meses seremos autossuficientes". O chefe do Executivo disse que intercedeu “pessoalmente à fabricante Pfizer" e com a Janssen para a compra recente de 138 milhões de doses de vacinas. No discurso, Bolsonaro declarou: "Quero tranquilizar o povo brasileiro e afirmar que as vacinas estão garantidas. Solidarizo com todos aqueles que tiveram perdas em suas famílias." E acrescentou: "Quero ressaltar que o Brasil é o sexto país que mais vacinou no mundo.”
Foto: Reprodução/YouTube

“Tenho esperança que, em 2022, com voto auditável, a gente consiga mudar realmente o Brasil”, diz Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta segunda-feira (19), que pretende definir ainda em abril o partido ao qual se filiará para concorrer à reeleição em 2022. 

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro afirmou que já está “atrasado” para tomar esta decisão.

O chefe do Executivo admitiu que a chance de viabilizar o seu partido, o “Aliança Pelo Brasil”, é muito pequena:

“O Aliança é muito pequena a chance de sair, já estou atrasado. Tem que ter outro partido, espero que este mês eu resolva.”

Na conversa, o presidente voltou a defender o voto impresso:

“Tenho esperança que, em 2022, com voto auditável, a gente consiga mudar realmente o Brasil. O placar lá [no STF] foi 8 a 3, pelo amor de Deus, o povo que porventura vote num cara desses [Lula] é um povo que merece sofrer.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -