- PUBLICIDADE -

Jair Bolsonaro diz que Lula tem “carta no bolso” para ser solto

- PUBLICIDADE -

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, se disse preocupado com a possibilidade de que o ex-presidente Lula tenha “uma carta no bolso” para suspender seu cumprimento da pena no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Em palestra a militares no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (23), ele listou cenários nos quais Lula poderia deixar a prisão.

O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e está detido na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde o dia 7 de abril. Ele nega ter cometido os crimes.

Jair Bolsonaro declarou:

Eu me preocupo com o PT (Partido dos Trabalhadores). A gente nunca pode, como eu aprendi na minha carreira militar, negligenciar o opositor. E eu chamaria o PT não de opositor, mas de inimigo da pátria. Quem aceitou, na posição do Lula e do Zé Dirceu, passivamente ir para a cadeia tendo um paraíso na frente deles, que seria uma ida para Cuba, é claro que tem uma carta no bolso.

De acordo com informações do UOL:

Ele afirmou que a mudança na presidência do STF (Supremo Tribunal Federal) programada para ocorrer em setembro – com a saída de Cármen Lúcia e a entrada de Dias Toffoli – pode dar margem a uma nova discussão do entendimento de que sentenciados podem ir para a prisão após condenação em segunda instância. Em tese, um entendimento diferente poderia resultar na soltura de Lula.

Em um segundo cenário, Bolsonaro citou um esforço de parte do PT para negociar que partidos de esquerda e centro concedam um indulto ao presidente Lula se vencerem as eleições. Essa negociação ainda não avançou. Entre os candidatos que se posicionaram, Guilherme Boulos (PSOL) aderiu, mas Ciro Gomes (PDT) descartou a possibilidade.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -