Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Jair Bolsonaro participa de cúpula do Brics

Jair Bolsonaro participa de cúpula do Brics
COMPARTILHE

Bolsonaro comentou sobre os esforços do Brasil no combate à pandemia.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou, nesta terça-feira (17), da XII Cúpula de Líderes do Brics, grupo de países que reúne BrasilRússiaÍndiaChina África do Sul.  

Pela primeira vez, em meio à pandemia de coronavírus, o evento aconteceu em formato virtual. 

Na ocasião, os líderes dos países comentaram sobre o estado atual e as perspectivas de cooperação no âmbito da associação.  

Os desafios enfrentados em 2020 devido à crise mundial causada pela Covid-19 também estiveram na pauta. 

Em discurso durante o evento, Bolsonaro ressaltou os esforços de profissionais da saúde envolvidos no enfrentamento da pandemia:  

“É preciso ressaltar que a crise demonstrou a centralidade das nações para a solução dos problemas que hoje acometem o mundo. Temos que reconhecer a realidade de que não foram os organismos internacionais que superaram os desafios, mas sim a coordenação entre os nossos países.” 

E acrescentou: 

“No Brasil, foram as instituições nacionais e os dedicados profissionais da área média, de enfermagem e farmacêutica que responderam aos desafios e combateram o vírus.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Erik Anderson
Erik Anderson
11 dias atrás

Parabéns ao presidente Bolsonaro pelo discurso. A OMS foi umas das grandes culpadas pelas mortes e pela destruição da economia mundial, por sua falta de transparência, pois no começo maquio a gravidade da doença, e também pela sua falta de clareza, ora dizendo uma coisa, ora dizendo outra.

Os órgãos internacionais provaram que são inúteis na hora de uma crise.