- PUBLICIDADE -

Jair Bolsonaro promete abrir arquivos do BNDES e da Petrobras

Foto: Sergio Moraes/Reuters
- PUBLICIDADE -

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (6) que pretende abrir os arquivos da Petrobras e do BNDES caso seja eleito.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Petrobras, cujas sedes no Rio de Janeiro ficam na mesma avenida, já foram alvos de investigações da Polícia Federal contra a corrupção, em especial da operação Lava Jato.

Durante palestra para empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nesta segunda-feira (6), Jair Bolsonaro disse que se fala muito no Brasil sobre a necessidade da abertura dos arquivos da ditadura militar, mas que outros arquivos, como o do BNDES, também deveriam se tornar mais transparentes.

Mais tarde, em entrevista a repórteres, o candidato foi instigado a falar também sobre a Petrobras, e avançou na questão:

‘Boa ideia. Tem da Petrobras também, e então vamos abrir os arquivos da Petrobras também. Nós temos que ser transparentes e não deixar essas empresas estatais serem feudos de partidos políticos’, disse o candidato.

Bolsonaro também levantou suspeitas sobre a política de preços de combustíveis da Petrobras.

Não sei se os números que eu tenho são verdadeiros, mas o preço do óleo diesel nas refinarias sai a 90 centavos e a Petrobras ganha 150 por cento em cima disso. Se for verdade, não pode em um monopólio estatal botar o preço que bem entender. Aí complica.

 

Adaptado da fonte Reuters Brasil
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -