Janaina Paschoal critica gasto do CNJ com nova sede

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Há menos de três anos, a sede atual do CNJ já havia sido reformada, com custo de R$ 7 milhões.

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) criticou a transferência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a nova sede de 30,9 mil metros quadrados em Brasília.

A parlamentar mais votada do Brasil não concorda com o custo de R$ 23,3 milhões por ano provocado pela mudança.

Ainda em seu perfil na rede social Twitter, neste domingo (28), Janaina questionou o gasto com as obras e fez comparações com ações recentes do Supremo Tribunal Federal (STF).

A deputada também pediu que algum órgão fiscalize o CNJ:

“Por que gastaram 7 milhões em obras, recentemente? O que é isso? O CNJ também fará um edital para comprar lagosta e vinhos importados? O Ministério Público Federal precisa questionar esse gasto desnecessário. O TCU, alguém, pelo amor de Deus!”

Há menos de três anos, a sede atual do CNJ já havia sido reformada, com custo de R$ 7 milhões.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.