- PUBLICIDADE -

Janaina Paschoal sinaliza que será vice de Jair Bolsonaro

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles
- PUBLICIDADE -

A advogada Janaina Paschoal sinalizou nesta segunda-feira (30) aceitar ser vice do candidato do PSL à Presidência Jair Bolsonaro.

Através da sua conta pessoal Twitter, Janaina Paschoal criticou quem diz não votar no militar por considerá-lo radical.

“Tudo bem. Vai votar em quem? Vai esperar o 2º turno e lamentar que tudo vai seguir na mesma, fazendo cara de paisagem?”, questionou.

De acordo com informações do Poder 360:

O assunto surgiu quando ela postava sobre seu afastamento do professor e advogado Miguel Reale durante o impeachment de Dilma Rousseff, em 2016. Os dois advogados foram autores do processo de impeachment. No entanto, Janaina afirmou ter sido pressionada por Reale, ex-tucano, e o PSDB a desistir do processo.

Segundo Janaina, não era possível desistir de um pedido de impeachment considerando que a denúncia “já estava recebida e já havia sido instalada a Comissão na Câmara” para discutir o processo.

“Não estou entendendo os ataques que estou sofrendo”, declarou a jurista em outra série de tuítes.

Segundo Janaina, essa história não deveria ser resgatada. Ela afirma que só falou sobre o fato a Jair Bolsonaro, pois foi questionada sobre preferir se filiar ao PSL e não ao PSDB.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -