Português   English   Español
Português   English   Español

Japão autoriza criação de embriões de animais com células humanas

Japão autoriza criação de embriões de animais com células humanas

As restrições foram abandonadas pelo governo japonês, permitindo aos pesquisadores solicitarem aprovações individuais para seus projetos.

Em um movimento histórico, o governo do Japão concedeu permissão a cientistas para fabricação de órgãos humanos dentro de animais.

Esta controversa área de pesquisa consiste em implantar, em embriões animais modificados, células-tronco humanas chamadas “iPS”.

Os cientistas alertam que este é apenas um primeiro passo em uma estrada muito longa que poderia levar à fabricação de órgãos humanos para transplante dentro de animais.

Os trabalhos conduzidos por Hiromitsu Nakauchi, um geneticista da Universidade de Stanford, são os primeiros do tipo a obter aprovação do governo depois que o Japão mudou suas regras sobre a implantação de células humanas, informa o jornal O Globo.

Já em um laboratório localizado na China, o pesquisador espanhol Juan Carlos Izpisúa criou pela primeira vez um ser híbrido entre humano e macaco.

O avanço faz parte de seu projeto para transformar animais de outras espécies em fábricas de órgãos para transplantes, segundo confirma ao jornal EL PAÍS sua colaboradora Estrella Núñez, bióloga e vice-reitora de pesquisa da Universidade Católica de Murcia (UCAM).

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!