PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Japão avisa ONU que não abrirá portas para refugiados

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Há uma semana, a Organização das Nações Unidas clamou ao Japão para permitir entrada de mais refugiados.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse ao Parlamento na segunda-feira (27/11) que ele “não tem intenção” de aceitar mais refugiados.

Na primeira metade de 2017, governo japonês permitiu entrada de apenas 3 refugiados. Ano passado, 28 refugiados ingressaram em terras nipônicas.

Durante seu discurso, Abe disse que os estrangeiros só serão permitidos “onde eles são realmente necessários” para “manter a economia e a infra-estrutura japonesas sustentáveis”.

O Japão é uma nação homogênea, com 98% da população sendo de origem nativa. O país possui um sistema rígido e apenas imigrantes altamente qualificados têm boas chances de entrar.

Com informações de: (1)
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.