Apesar dos avanços, Japão vai manter pressão sobre a Coreia do Norte

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Mesmo com os avanços diplomáticos recentes na Península da Coreia, o premiê do Japão disse que a pressão sobre a ditadura de Kim Jong-un será mantida.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declaro no Parlamento japonês:

A Coreia do Norte deve comprometer-se a abandonar seu programa nuclear de forma completa, comprovável e irreversível. Eu disse em várias ocasiões que devemos exercer pressão máxima sobre a Coreia do Norte para que o Norte tenha vontade de discutir conosco.

Abe acrescentou:

É verdade, no entanto, que no passado a Coreia do Norte ganhou tempo para desenvolver suas capacidades nuclear e balística durante os períodos de negociações.

E finalizou:

Negociar por negociar não faz sentido e não devemos flexibilizar as sanções apenas porque a Coreia do Norte está disposta a conversar.

 

Com informações de: [EM]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.