Apesar dos avanços, Japão vai manter pressão sobre a Coreia do Norte

Mesmo com os avanços diplomáticos recentes na Península da Coreia, o premiê do Japão disse que a pressão sobre a ditadura de Kim Jong-un será mantida.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declaro no Parlamento japonês:

A Coreia do Norte deve comprometer-se a abandonar seu programa nuclear de forma completa, comprovável e irreversível. Eu disse em várias ocasiões que devemos exercer pressão máxima sobre a Coreia do Norte para que o Norte tenha vontade de discutir conosco.

Abe acrescentou:

É verdade, no entanto, que no passado a Coreia do Norte ganhou tempo para desenvolver suas capacidades nuclear e balística durante os períodos de negociações.

E finalizou:

Negociar por negociar não faz sentido e não devemos flexibilizar as sanções apenas porque a Coreia do Norte está disposta a conversar.

 

Com informações de: [EM]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *