Japão quer construir satélites de madeira para combater lixo espacial

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A expectativa é que os satélites de madeira sejam construídos até 2023.

Com o objetivo de minimizar os danos do lixo espacial presente na órbita da Terra, os próximos satélites projetados no Japão podem ser feitos de madeira. 

A empresa japonesa Sumitomo Forestry e a Universidade de Kyoto estão na dianteira deste projeto. 

De acordo com a companhia japonesa, cultivos de árvores já estão em andamento. 

Enquanto isso, de acordo um porta-voz da empresa, diversos tipos de madeira estão sendo testados em ambientes extremos da Terra

Foto: Reprodução/Terra 

Questionado pela imprensa sobre mais detalhes do satélite inovador, o porta-voz disse que se tratava de “segredo de P&D (pesquisa e desenvolvimento)”.  

Os próximos passos dos pesquisadores japoneses deverão abranger o desenvolvimento do modelo de engenharia do satélite e a fabricação do modelo de voo.  

“A expectativa é que os satélites de madeira sejam construídos até 2023”, destaca o site Olhar Digital

O aumento gradativo dos lançamentos de satélites na atmosfera agrava cada vez mais a questão envolvendo o lixo espacial. 

De acordo om o Catálogo de Vigilância Espacial dos Estados Unidos, atualmente 34 mil objetos — desde parafusos à satélites mortos — estão em órbita. 

Foto: Dotted Yeti/Shutterstock 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.