Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Japão terá porta-aviões pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial

Japão terá porta-aviões pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial
COMPARTILHE

Japão vai comprar mais de 100 aviões de guerra e dois porta-aviões, algo inédito desde o fim da Segunda Guerra Mundial. 

O governo japonês aprovou o investimento militar bilionário nesta terça-feira (18). Tóquio justifica a medida pela crescente presença militar da China na região.

As medidas são as mais expansionistas na área militar japonesa das últimas décadas.

Ocupado pelos Estados Unidos depois da Segunda Guerra Mundial em que foi derrotado, o Japão tem uma Constituição pacifista, limitada à possibilidade de autodefesa. No entanto, o primeiro-ministro Shinzo Abe tem testado os limites dessa Carta.

O país deve comprar 105 caças F-35, fabricados nos EUA, ao custo estimado de US$ 10 bilhões, que aumentarão a frota do país para 147 F-35s. Destes, até 42 devem ser da versão F-35B, que permite decolagens em pistas curtas e pousos verticais.

Caça F-35 da Forças Armadas dos Estados Unidos

Esses caças são compatíveis com dois navios contratorpedeiros Izumo, inicialmente previstos para acomodar helicópteros, que serão modificados para pousos e decolagens de aviões.

Navios contratorpedeiro japonês Izumo

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários