- PUBLICIDADE -

Japonês da Federal foi espião do regime militar

- PUBLICIDADE -

O ex-agente da Polícia Federal (PF), Newton Ishii, revelou que atuou como “infiltrado” nos movimentos estudantis no período do regime militar.

Antes de ganhar fama em todo o país como o “Japonês da Federal”, Newton Ishii trabalhou para o regime militar, na década de 1970.

Em sua participação no programa “Conversa com Bial”, da TV Globo, por conta do lançamento de seu livro, Ishii disse que, apesar do serviço de espião, prefere a democracia.

O ex-agente da PF declarou:

Trabalhei, na época da ditadura militar, em diretório estudantil como infiltrado entre os estudantes. Frequentava as reuniões e depois passava as informações. Tudo tem sua época. Mas democracia é essencial. Sou contra direita e esquerda.

Agora aposentado, ele lançou sua biografia e também recordou dramas pessoais durante o programa, como o suicídio do filho, Eduardo, e a morte da mulher, Fátima.

 

Adaptado da fonte G1
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -