Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Jardim criado para apoiar mães que sofreram abortos espontâneos

Jardim criado para apoiar mães que sofreram abortos espontâneos

Cerca de 3 mil mulheres do Canadá têm bebês natimortos a cada ano. E calcula-se que de 15% a 20% das gestações resultam em aborto espontâneo.

Um espaço ajuda mulheres do Canadá a quebrar um tabu que existe em muitas sociedades: permitir que os pais falem abertamente sobre abortos espontâneos.

O Little Spirits Garden é um jardim paisagístico dedicado à memória de crianças perdidas durante a gravidez.

O ambiente foi inaugurado no ano de 2012 e fica no terreno do Royal Oak Burial Park, um cemitério de Victoria, em British Columbia.

Nele, há uma série de pedestais compridos de concreto, com pequenas casas acinzentadas sobre eles – são as “casas dos espíritos”, e cada uma delas representa uma criança. Há cerca de 400 casas no jardim, que tem espaço para até 3 mil.

Se a criança é cremada, as cinzas podem ser espalhadas em uma parte especial do jardim, ou depositadas em um ossário – em uma cripta que fica sob um pavilhão.

O serviço é gratuito, financiado por doações, informa o site UOL.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email