Português   English   Español
Português   English   Español

Jihadista da Bélgica condenado à morte no Iraque por pertencer ao EI

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Um extremista islâmico belga, que lançou ameaças em vídeos contra a Bélgica e a França, foi condenado à morte por enforcamento, nesta terça-feira (22), no Iraque, por pertencer ao grupo Estado Islâmico (EI).

Tarik Jadaoun, belga de origem marroquina nascido em 1988, juntou-se ao grupo terrorista Estado Islâmico em 2014 sob o nome de guerra de Abu Hamza al-Belgiki.

Nos vídeos gravados por ele, Jadaoun lança um apelo para que outros extremistas ataquem a Europa. Ele foi apelidado de “novo Abaaoud”, em referência a seu compatriota Abdelhamid Abaaoud, um dos supostos organizadores dos atentados de 13 de novembro de 2015 na França.

De acordo com informações do BOL:

Em um comunicado publicado pouco depois do veredicto, o porta-voz do Conselho Supremo de Magistratura, juiz Abdel Sattar Bayraqdar, apresentou o condenado como “um dos terroristas estrangeiros mais procurados por ter combatido na Síria e no Iraque nas fileiras do grupo terrorista” EI.

Tarik Jadaoun tem 30 dias para recorrer da decisão e, passado este prazo, a pena de morte poderá ser aplicada.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...