Português   English   Español

Jihadista da Bélgica condenado à morte no Iraque por pertencer ao EI

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um extremista islâmico belga, que lançou ameaças em vídeos contra a Bélgica e a França, foi condenado à morte por enforcamento, nesta terça-feira (22), no Iraque, por pertencer ao grupo Estado Islâmico (EI).


Tarik Jadaoun, belga de origem marroquina nascido em 1988, juntou-se ao grupo terrorista Estado Islâmico em 2014 sob o nome de guerra de Abu Hamza al-Belgiki.

Nos vídeos gravados por ele, Jadaoun lança um apelo para que outros extremistas ataquem a Europa. Ele foi apelidado de “novo Abaaoud”, em referência a seu compatriota Abdelhamid Abaaoud, um dos supostos organizadores dos atentados de 13 de novembro de 2015 na França.

De acordo com informações do BOL:

Em um comunicado publicado pouco depois do veredicto, o porta-voz do Conselho Supremo de Magistratura, juiz Abdel Sattar Bayraqdar, apresentou o condenado como “um dos terroristas estrangeiros mais procurados por ter combatido na Síria e no Iraque nas fileiras do grupo terrorista” EI.

Tarik Jadaoun tem 30 dias para recorrer da decisão e, passado este prazo, a pena de morte poderá ser aplicada.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...