Português   English   Español

Jihadista preso na Itália tentando envenenar abastecimento de água

A polícia disse que um extremista ligado ao Estado Islâmico planejava colocar ricina ou antraz no reservatório de água da ilha italiana de Sardenha.

Um imigrante da Palestina foi preso na Itália semana passada com planos para atacar a ilha de Sardenha. Segundo o jornal “The Times of Israel“, a polícia apontou ligações do palestino com o grupo terrorista Estado Islâmico.

O promotor estadual de combate ao terrorismo Federico Cafiero de Raho disse que o meliante planejava envenenar o abastecimento de água na cidade de Macomer, bem como uma base militar próxima, com ricina e antraz.

O suspeito foi identificado pelo jornal “Il Fatto Quotidiano” como Alaji Aminun, um refugiado palestino do Líbano, que se mudou para Macomer.

A prisão aconteceu dois meses após as autoridades do Líbano prenderem outro refugiado palestino acusado de planejar envenenar o abastecimento de água de um quartel militar no país do Oriente Médio.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter