Português   English   Español

Jihadistas fogem da Síria deixando armas e até suas barbas

O Exército da Síria continua avançando contra as posições terroristas na região do deserto de As-Suwayda, na área das colinas de Tulul al-Safa.

Os jihadistas do Estado Islâmico (EI) estão abandonando suas posições junto com as armas. Além disso, eles optam por cortar as barbas para se misturarem com os civis.

Depois de perder as principais fontes de água, as forças terroristas do EI enfraqueceram consideravelmente, com os radicais não conseguindo fazer frente ao avanço do Exército sírio.

Na área montanhosa libertada recentemente, os soldados da Síria encontraram um armazém com armamentos, produtos alimentícios e um posto médico.

De acordo com o correspondente, durante a operação de limpeza do território, foi encontrada uma grande quantidade de ataduras, embalagens de medicamentos e ampolas, o que revela que os terroristas estão sofrendo múltiplos ferimentos.

Além disso, os soldados encontraram restos de barbas e cabelo comprido. Aparentemente, os terroristas se barbeiam para mais facilmente se misturarem com os civis.

Foto: Reprodução / Sputnik Brasil

Nas fortificações abandonadas dá também para ver estume de burro. Pelo visto, os radicais utilizavam estes animais para transportar os armamentos e outras cargas pesadas. É impossível usar veículos entre as rochas, explicou o correspondente.

Foto: Reprodução / Sputnik Brasil

Adaptado da fonte Sputnik Brasil

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter