Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Jihadistas matam 24 pessoas em igreja cristã de Burkina Faso

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Jihadistas matam 24 pessoas em igreja cristã de Burkina Faso
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Desde 2015, quase 750 pessoas morreram e 600 mil foram obrigadas a deixar suas casas neste país de fronteira com Mali e Níger.

Um ataque jihadista, neste domingo (16), contra uma igreja protestante em Burkina Faso deixou ao menos 24 mortos e 18 feridos.

Em um comunicado publicado nesta segunda-feira (17), o coronel Salfo Kabore, governador da região do Sahel, declarou:

“O balanço provisório tem 24 mortos, incluindo o pastor de uma igreja protestante. Igualmente, lamentamos 18 feridos e pessoas sequestradas.”

E acrescentou:

“No domingo, um grupo armado terrorista invadiu a localidade de Pansi, na província de Yahgha, e atacou a aprazível população local.”

Já um morador contactado pela agência France-Presse afirmou:

“É difícil ter uma ideia da situação, pois os habitantes fugiram após o ataque. Em Sebba há uma situação de psicose porque terroristas mataram cristãos e seu pastor.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.