Português   English   Español

Joao Doria cita Bolsonaro 14 vezes mais que Alckmin

Tucano candidato ao governo de São Paulo fez 57 referências ao presidenciável do PSL e apenas 4 a seu padrinho político.

Criticado por “esconder” Geraldo Alckmin (PSDB) em sua campanha no primeiro turno das eleições 2018 e por tentar “pegar carona” na popularidade de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo, o candidato tucano ao governo de São Paulo, João Doria, citou 14 vezes mais o nome do capitão reformado do Exército do que o de seu padrinho político nas redes sociais desde o início oficial da campanha, em agosto.

Levantamento feito pelo jornal Estadão em mais de 350 publicações e 250 vídeos divulgados nas páginas de Doria no Twitter e Facebook constatou 57 citações do ex-prefeito a Bolsonaro, ante apenas quatro ao ex-governador paulista, que ficou em quarto lugar na corrida ao Palácio do Planalto. Somadas as duas redes, Doria tem 3,5 milhões de seguidores.

Em nota, a assessoria de Doria afirmou que ele “fez campanha com o PSDB ao lado de Geraldo Alckmin durante todo o primeiro turno, declarando apoio a ele em manifestações, agendas e entrevistas. Doria só manifestou apoio a Jair Bolsonaro após a conclusão da apuração dos votos do primeiro turno”.

 

Adaptado da fonte Estadão

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...