Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

João Doria sai em defesa dos ministros do STF

Doria ordena recolhimento de material escolar com ideologia de gênero
COMPARTILHE

“Brasil não vai virar Venezuela, Bielorrússia ou Cuba. Nem ditadura fascista, nem proletária”, disse Doria.

João Doria (PSDB), governador de São Paulo, saiu em defesa, nesta segunda-feira (15), dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Doria criticou os “saudosistas da ditadura”:

“Ontem manifestei o Twitter apoio e solidariedade ao Supremo Tribunal Federal e a seus ministros. Quero dizer aos saudosistas da ditadura que vocês já perderam.”

O político tucano afirmou¹ ainda que o Brasil não será uma ditadura “nem fascista, nem proletária”:

“Brasil não vai virar Venezuela, Bielorrússia ou Cuba. Nem ditadura fascista, nem proletária. A maioria dos brasileiros quer democracia, e a maioria saberá derrotar os extremistas.”

Na noite de sábado (13), um grupo não identificado lançou² fogos de artifício contra o prédio do STF após o governo do Distrito Federal desmontar um acampamento de apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários