Joe Biden acelera bombardeios contra Somália

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os ataques aéreos dos EUA destruíram uma posição de tiro do Al Shabaab.

Os militares dos Estados Unidos confirmaram, no último domingo (1º), seu 3º ataque aéreo contra militantes do grupo terrorista Al Shabaab, na Somália, em menos de duas semanas.

O presidente Joe Biden está acelerando o ritmo de ataques contra extremistas do grupo, que é ligado à velha conhecida Al-Qaeda.

Autoridades americanas disseram que o ataque foi realizado em apoio às forças do governo somali que lutam contra a Al-Shabaab no estado de Galmudug, no centro do país. 

A Força Aérea dos EUA lançou ataques aéreos na mesma região nos dias 20 e 23 de julho, marcando os primeiros ataques na Somália durante o governo Biden.

O governo da Somália comentou sobre os bombardeios lançados pelos EUA:

“Este é outro grande golpe para os meios da Al-Shabaab de travar guerra contra o povo somali. Os ataques aéreos destruíram uma grande posição de tiro da Al-Shabaab.”

E acrescentou:

“Essas operações limitam a capacidade da Al Shabaab de matar e aterrorizar o povo somali. Cada vez mais combatentes da Al Shabaab estão deixando a organização terrorista.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.