Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Joe Biden condena golpe militar em Mianmar

‘É hora dos ricos pagarem mais’, diz Joe Biden
COMPARTILHE

Biden pediu que a comunidade internacional se una para pressionar os militares de Mianmar.

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, condenou, nesta segunda-feira (1º), o golpe de Estado promovido pelos militares de Mianmar

As Forças Armadas do país asiático prenderam as principais lideranças civis do país após alegações de supostas fraudes nas últimas eleições.  

Em comunicado, Biden afirmou que a prisão de Aung San Suu Kyi, principal liderança civil do Mianmar, representa um “ataque direto à transição democrática e ao Estado de Direito”. 

Em nota, Biden afirmou: 

“Os EUA retiraram as sanções à Mianmar na última década com base no progresso em direção à democracia.”  

E acrescentou: 

“A reversão desse progresso exigirá uma revisão imediata das nossas leis e autoridades sancionatórias, seguida de ação apropriada.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
joão silva
joão silva
26 dias atrás

O governo deposto de Myanmar era comunista aliado de Biden, daí a bronca.