Joesley detalha repasse de 500 mil reais para Ciro Nogueira

Em depoimento à Polícia Federal — no âmbito da investigação sobre se os executivos da J&F omitiram informações nas delações –, o empresário Joesley Batista deu detalhes da entrega de uma mala com 500 mil reais para o senador Ciro Nogueira, presidente do PP.

Joesley Batista contou que combinou o pagamento a Ciro Nogueira em uma reunião no dia 17 de março do ano passado. Ricardo Saud participou do encontro, que teria sido gravado.

A entrega da mala com o dinheiro, ainda segundo Joesley, foi feita na garagem da casa do empresário, em São Paulo. Advogado diz que senador nunca recebeu dinheiro de Joesley e que ele mantinha relação ‘republicana’ com empresário.

De acordo com informações do G1:

O depoimento, ao qual a TV Globo teve acesso, traz detalhes sobre o local e a forma do suposto repasse de dinheiro ao senador, aprofundando o relato feito pelo empresário em depoimento da delação, no ano passado.

Em depoimento anterior, Joesley já havia relatado a entrega dessa quantia em uma mala para Ciro Nogueira, como pagamento de propina – sem dar os detalhes que acrescentou no novo depoimento.

Segundo o relato do empresário, ele repetiu o método usado com o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor do presidente Michel Temer, e que se tornou a cena mais conhecida da delação: uma mala de R$ 500 mil , também entregue por Ricardo Saud em São Paulo.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *