- PUBLICIDADE -

Jornais dos EUA ignoram Antifa e criticam Trump por ‘ameaçar a imprensa’

- PUBLICIDADE -

Os mesmos jornais que atacam Donald Trump constantemente e ignoram atos de violência contra jornalistas cometidos por grupos de extrema-esquerda, lançaram editoriais criticando o presidente dos Estados Unidos por “ameaçar à liberdade de imprensa”.

Centenas de jornais americanos dedicaram espaço em suas edições desta quinta-feira (16) para publicar editoriais em “defesa coordenada à liberdade de imprensa”.

Os jornais criticam o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por dizer que algumas organizações da mídia são inimigas do povo norte-americano.

Cada jornal publicou um editorial, que normalmente é um artigo não assinado que reflete a opinião do conselho editorial da publicação sobre um assunto específico e que é separado das notícias e de outras seções do jornal.

Curiosamente, em nenhum desses editoriais foi mencionado o fato de que a cobertura da grande mídia sobre a administração Trump é mais de 90% negativa.

Um estudo recente comprovou que, entre 1º de janeiro e 30 de abril, 91% do conteúdo sobre o presidente Donald Trump e sua administração tinha um viés negativo, segundo informações da Fox News.

91% da cobertura da grande mídia sobre Trump é negativa

Outro comportamento hipócrita da grande mídia precisa ser apontado.

Estes mesmo jornais, que acusam Donald Trump de ser uma ameaça à liberdade de imprensa, fecham os olhos para os atos de violência contra jornalistas lançados por membros de grupos de extrema-esquerda.

Renova Mídia teve a oportunidade de apontar um exemplo claro deste comportamento omissivo da grande mídia durante os protestos que chacoalharam Washington DC, capital dos Estados Unidos, alguns dias atrás.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -