PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Jornal em Hong Kong pode fechar as portas após cerco da China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A publicação apoiou abertamente os protestos de 2019 contra o regime chinês.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Em meio ao cerco do regime comunista da China, o jornal pró-democracia Apple Daily, de Hong Kong, corre um sério risco de encerrar as atividades.

O anúncio foi feito, nesta segunda-feira (21), por executivos da Next Digital, editora que controla a publicação, ao jornal Wall Street Journal.

Desde a prisão do dono do jornal, Jimmy Lai, o jornal enfrenta uma intensa escassez de recursos monetários.

Lai foi detido com base na lei de segurança implementada pelo Partido Comunista da China (PCCh) no território semi-autônomo. 

O empresário teve, ainda, os bens bloqueados pelo governo.

Sem recursos, a direção do Apple Daily solicitou às autoridades que liberem o patrimônio de Lai, que é estimado em US$ 2,3 milhões

Contudo, o conselho da editora não tem muitas esperanças de que o montante será disponibilizado pelas autoridades de Hong Kong. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.