Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Jornalista alerta para agenda marxista no sistema educacional dos EUA

Jornalista alerta para agenda marxista no sistema educacional dos EUA
COMPARTILHE

“Não devemos permitir que os grupos anti-americanos da cultura de cancelamento dominem”, diz Carter.

“Aqui está outro exemplo de como as divisões políticas de nossa nação se tornaram tão insanas. Um professor pode ser demitido por realmente declarar o fato de que Donald Trump é o presidente”, disse a jornalista Sara Carter em reportagem publicada na última segunda-feira (21).

“INSANIDADE: Professor de Michigan foi demitido por escrever no Twitter que Trump é presidente”, diz o título da matéria de Carter, que é comentarista política da emissora Fox News.

Justin Kucera, professor e treinador do time de beisebol do colégio de Walled Lake, foi demitido após indicar seu apoio ao impulso do presidente Donald Trump para reabrir escolas em meio à pandemia de coronavírus

“Não podemos e não devemos permitir que os grupos anti-americanos da cultura de cancelamento dominem e estabeleçam uma agenda marxista em nossos sistemas educacionais, comunidades e mídia”, acrescentou a jornalista Sara Carter.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários