PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Jornalistas fazem greve na França após rádio contratar direitistas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O movimento grevista é inédito desde a fundação da rádio francesa, em 1955.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Afundado em dívidas, o grupo francês Lagardère, dono da rádio Europe 1 por 47 anos, cedeu recentemente a maioria de suas ações ao bilionário Vincent Bolloré.

Bolloré, que é o 14ª empresário mais rico da França, tem como objetivo a criação de um canal semelhante à emissora americana Fox News.

Ao longo dos últimos cinco dias, jornalistas e técnicos da rádio Europe 1 estão em greve por causa da ampliação da participação de funcionários alinhados à direita.

A rádio Europe 1 não registra bons níveis de audiência há um bom tempo, mas, mesmo assim, os jornalistas, que são em sua maioria alinhados à esquerda, não estão aprovando a mudança no controle acionário da empresa.

Segundo a rádio RFI, os jornalistas, que estão amontoados diante da emissora no 15° distrito de Paris, dizem não querer que a redação se transforme numa plataforma de “discursos de ódio”. 

Em outras palavras, os funcionários da Europe 1 são contra a pluralidade de posicionamentos políticos dentro da rádio. Afinal, para muitos deles, tudo o que é produzido pela direita é movido pelo “ódio”.
Na última assembleia da empresa, dos 101 colaboradores presentes, 98 votaram a favor da continuidade do movimento grevista.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.