- PUBLICIDADE -

Jornalistas são atacados durante ato da esquerda no Peru

Foto: Miguel Yovera/Bloomberg
- PUBLICIDADE -

Esquerdista é acusado de incitar ataques contra imprensa do Peru.

Vários jornalistas do Peru foram atacados, nesta quinta-feira (20), por partidários do candidato esquerdista Pedro Castillo, do partido Peru Libre.

A agressão ocorreu na cidade de Ayacucho após uma manifestação durante a qual o candidato criticou o papel da imprensa na cobertura eleitoral.

Pedro Castillo disputa a Presidência do Peru com a direitista Keiko Fujimori.

Três organizações de imprensa peruanas condenaram o ataque e acusaram Castillo de incitar os atos violentos duas semanas antes da votação presidencial no país.

Em um comunicado conjunto, os órgãos de imprensa declararam:

“O Conselho de Imprensa Peruano e o Instituto de Imprensa e Sociedade condenam o atentado sofrido ontem (quarta-feira) por jornalistas que cobriam uma manifestação do candidato do segundo turno Pedro Castillo, do Peru Libre.”

A Associação Nacional de Jornalistas do Peru (ANP) repudiou o ataque e rejeitou o descrédito dos jornalistas:

“A população como um todo tem o direito de discordar, mas em hipótese alguma há espaço para agressão ou violência contra trabalhadores da mídia ou jornalistas independentes que estão na linha de frente.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -