Português   English   Español

Principal jornal alemão pede fim da lei contra discurso de ódio

Closeup photo of woman locked in chain typing on laptop

Jornal Bild disse que a nova lei destinada a restringir o discurso de ódio nas mídias sociais na Alemanha sufoca a liberdade de expressão e transforma políticos anti-imigração em mártires.

A lei que entrou em vigor em 1 de janeiro pode impor multas de até 50 milhões de euros contra sites que não removerem o discurso do ódio prontamente.

Dias atrás, o Twitter apagou mensagem de deputada direitista do partido AfD após receber denúncias de que o tuíte era islamofóbico. A rede social também bloqueou uma conta satírica que parodiou a islamofobia.

“Por favor, poupe-nos da polícia do pensamento!”, exibe a manchete no Bild de quarta-feira (03/01). O artigo chamou a lei de um “pecado” contra a liberdade de opinião consagrada na constituição da Alemanha.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário

Veja também...