Português   English   Español

Jovem da suástica fake será indiciada por falso testemunho

Jovem da suástica fake será indiciada por falso testemunho

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu que os cortes em forma de suástica feitos em uma jovem que disse ter sido atacada na rua, há duas semanas, em Porto Alegre, é um caso de “autolesão”.

“A jovem será indiciada por falso testemunho”, segundo informações do Estadão nesta quarta-feira (24).

O delegado Paulo Sérgio Jardim disse que há indícios de automutilação ou de que tenham sido feitos de forma consentida.

O laudo técnico da Polícia Civil concluiu:

Pode se afirmar com convicção que as lesões produzidas na vítima não são compatíveis com as que seriam esperadas, na hipótese de ter havido efetiva resistência da parte dela à ação de um agente agressor.

A versão contada pela jovem e repercutida por todos os veículos da grande mídia brasileira foi que após diversas ofensas e ameaças, um trio de eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) a rendeu e marcou o corpo dela com a marca nazista.

A mentira da jovem gaúcha chegou até o tradicional Jornal Nacional, da Rede Globo, e foi destaque no programa eleitoral do presidenciável Fernando Haddad (PT).

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...