Jovem da suástica fez mais lesões no corpo para enganar polícia

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Laudo indica que a jovem que teria simulado suástica na barriga fez mais lesões no corpo antes de depor à polícia.

Depois de a Polícia Civil indiciar por falsa comunicação de crime uma jovem de 19 anos suspeita de se automutilar na barriga com um símbolo que lembra uma suástica, a conclusão de um novo laudo pericial reforça o entendimento de que houve intenção dela em fazer as lesões.

Segundo o delegado Paulo César Jardim, titular da 1ª Delegacia de Porto Alegre, há diferenças nas marcas entre a análise feita pelo Departamento Médico Legal (DML) no corpo da estudante, em 9 de outubro, e numa fotografia feita no dia seguinte, quando a jovem prestou depoimento na 1ª DP na investigação que apurava um suposto ataque de três homens em outubro deste ano no bairro Cidade Baixa.

Confira abaixo:

Jardim diz que o Departamento de Criminalística concluiu que, ao coletar dados, fazer fotos e analisar o corpo da jovem, havia mais lesões feitas por um objeto cortante do que as fotos divulgadas anteriormente na internet.

Segundo a conclusão dos peritos, são pelo menos 10 riscos a mais feitos em períodos distintos. Jardim entende que, ao demorar em fazer a ocorrência policial, a indiciada fez novas marcas no corpo ou, no mínimo, permitiu que alguém fizesse.

“Para mim, esse novo laudo corrobora o laudo inicial e o nosso indiciamento, ou seja, que ela teve sim intenção em fazer esses riscos no próprio corpo”, ressaltou o delegado.

 

Adaptado da fonte Gaúcha ZH

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque