Português   English   Español

Jovem que se uniu ao EI perde nacionalidade britânica

Jovem que se uniu ao EI perde nacionalidade britânica
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Shamima Begum, de 19 anos, natural de Londres, viajou para Síria, em 2015, para aderir ao grupo terrorista Estado Islâmico, ao lado de duas adolescentes que frequentavam a mesma escola que ela.

O governo da Inglaterra informou à família de Shamima Begum que vai retirar a nacionalidade britânica da jovem que viajou para viver ao lado de terroristas na Síria.

Anos após abandonar tudo para se unir ao grupo Estado Islâmico, a jovem Shamima queria voltar ao Reino Unido, mas não teve uma boa notícia.

“Estamos examinando todas as vias legais para questionar esta decisão”, afirmou o advogado da jovem, segundo o jornal Estadão.

O Ministério do Interior enviou uma carta à mãe de Shamima para informar-lhe sobre a decisão do ministro do Interior, Sajid Javid, de retirar sua nacionalidade britânica. O texto ressalta também a possibilidade de apelar.

No Reino Unido, o ministro do Interior tem o poder de retirar a nacionalidade de um cidadão britânico se considerar que a decisão é do “interesse geral”, e com a condição de que não o torne apátrida.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...