Português   English   Español
Português   English   Español

Jovens da geração Y fazem menos sexo

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Diferente dos jovens das décadas passadas, a geração Y tem outras prioridades além do sexo.

A média da idade da primeira relação sexual continua a mesma há décadas: 17 anos.

No entanto, segundo vários estudos americanos, a atividade sexual dos “millenials” ou da famosa geração Y – pessoas nascidas a partir dos meados dos anos 90 – vem diminuindo em relação aos jovens das décadas anteriores.

Um estudo das universidades de São Francisco, na Califórnia, e de Widener, na Pensilvânia, aponta que, em média, jovens dos Estados Unidos têm hoje 53 relações sexuais por ano, no lugar de 65 relações sexuais por ano, na década de 90.

Já a revista Archives of Sexual Behavior aponta que 15% dos jovens americanos com idades entre 20 e 24 anos não tiveram nenhum parceiro sexual desde os 18 anos – situação que na década de 60 era registrada com apenas 6% das pessoas nesta mesma faixa etária.

Estudos franceses apresentam resultados similares aos dos americanos, embora, como lembra a sexóloga e psicoterapeuta Mari-Line Lassagne, seja impossível fazer uma análise geral do comportamento dos jovens ocidentais.

A especialista sublinhou:

A cultura americana não é a mesma que a francesa, por exemplo. Mesmo que todos esses jovens sejam ocidentais, há diferenças sociais nesses países que levam a experiências distintas na descoberta da sexualidade.

 

Com informações da RFI

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...