Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Juiz absolve Adélio por facada em Bolsonaro, mas determina internação

Juiz absolve Adélio, mas determina internação
COMPARTILHE

Adélio respondia pelo crime de “atentado pessoal por inconformismo político” com base no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional.

O juiz federal Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal de Juiz de Fora (MG), absolveu, nesta sexta-feira (14), Adélio Bispo de Oliveira, mas determinou que o autor do atentado contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, fique internado por tempo indeterminado.

O magistrado também determinou que Adélio seja submetido a perícia médica daqui a três anos.

Adelio Bispo será internado na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (MS), que possui espaço para tratamento de sua doença, enquanto não for verificada a cessação de sua periculosidade, informa o jornal O Globo.

A decisão do juiz da cidade de Juiz de Fora, interior de Minas Gerais, se baseia no fato de Adélio ter sido considerado inimputável.

Segundo pareceres médicos da defesa de Adélio e de peritos escolhidos pela acusação, o esfaqueador de Bolsonaro tem Transtorno Delirante Persistente, o que o impede de ser punido criminalmente.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários