Juiz da Espanha barra estátua de demônio junto ao aqueduto de Segóvia

Idiomas:

Português   English   Español
Juiz da Espanha barra estátua de demônio junto ao aqueduto de Segóvia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Milênios depois de ser construído, o Aqueduto de Segóvia, localizado na região central da Espanha, continua sendo uma fonte inesgotável de novidades.

De acordo com uma história popular, a famosa estrutura não foi erguida pelos romanos, e sim pelo próprio Mefistófeles, que teria sido enganado por uma jovem segoviana para construí-lo em apenas uma noite.

Para divulgar essa narrativa aos mais de 800.000 turistas que visitam Segóvia todos os anos, a prefeitura decidiu instalar a figura de um diabinho numa das múltiplas vistas do aqueduto.

No entanto, a polêmica foi intensa. As queixas de alguns vizinhos levaram um juiz a paralisar o projeto.

A escultura representa um diabo sorridente, de 1,70 metro de altura, que com uma mão segura um celular e tira uma selfie.

A instalação da estátua está paralisada até um juiz decidir se a instalação dessa imagem configura um ataque aos sentimentos religiosos, como denunciou uma associação criada por moradores locais, informa o “El País“.

Segundo uma petição publicada no site “Change.org”, que já reuniu mais de 5.000 assinaturas, a estátua do diabo é “ofensiva para os católicos, porque representa uma exaltação do mal”.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque