- PUBLICIDADE -

Juiz manda força policial remover acampamento pró-Lula

Foto: Gerson Klaina
- PUBLICIDADE -

Em decisão nesta segunda-feira (29), o juiz Jailton Tontini determinou que o acampamento pró-Lula na região da Polícia Federal, em Curitiba, seja removido ainda que isso exija o uso de força policial.

A decisão foi dada depois que o juiz recebeu informações de um oficial de justiça demonstrando que, apesar da determinação anterior, os manifestantes seguem no bairro Santa Cândida.

Renova Mídia havia publicado matéria no dia 16 de maio sobre a ordem de remoção assinada pelo mesmo magistrado. Aparentemente, os petistas ignoraram a determinação judicial e permaneceram no local.

De acordo com informações da Gazeta do Povo:

O juiz manda informar a governadora Cida Borghetti, o secretário de segurança e a comandanta da PM “solicitando o uso de força policial para o imediato cumprimento” da liminar judicial.

Além disso, o juiz também determinou a aplicação da multa de R$ 500 mil diários que havia sido determinada anteriormente, em vista do descumprimento. Isso significa uma multa de R$ 5,5 milhões até o momento para o PT e do mesmo valor para a CUT.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -