- PUBLICIDADE -

Juiz suspende reabertura de atividades não essenciais no DF

Distrito Federal permite funcionamento de lojas de roupas e de calçados
- PUBLICIDADE -

O governador publicou um decreto, na última quinta-feira (2), permitindo a reabertura.

O juiz Daniel Eduardo Carnachioni, da 2ª Vara da Fazenda Pública do DF, determinou, nesta quarta-feira (8), a suspensão da reabertura de escolas, bares e outros setores não essenciais no Distrito Federal.

A decisão tem validade até que o governo de Ibaneis Rocha (MDB) apresente estudos técnicos e científicos de profissionais que comprovem um retorno seguro em meio à pandemia de coronavírus:

“Se o Governo do Distrito Federal não consegue, de forma adequada, prestar informações claras e precisas sobre a ocupação de leitos e, ante as notícias de que estão no limite máximo da capacidade, a retomada econômica, com ampla flexibilização do isolamento e distanciamento social, é incompatível com tal contexto fático e social de calamidade pública.”

Ao comentar sobre a decisão, Ibaneis afirmou que “assim que for notificado”, vai tomar as medidas cabíveis e recorrer da decisão, destaca a emissora CNN Brasil.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -