Português   English   Español

Juíza Gabriela Hardt condena nove réus envolvidos na Lava Jato

A juíza substituta Gabriela Hardt condenou 9 réus no processo derivado da 46ª Operação da Lava Jato.

Os crimes citados na sentença são corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

Entre os condenados estão o ex-diretor da Petroquisa, Djalma Rodrigues de Souza, que teve pena estipulada em 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão, e ex-gerente-geral da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), Glauco Legatti, condenado a sete anos e dois meses de reclusão.

Gabriela Hardt é juíza substituta da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná e assumiu a Lava Jato temporariamente, após a saída de Sergio Moro para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro.

A sentença foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná na sexta-feira (30), registra o “G1“.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter